.: Notícias :.
Boletim Eletrônico Nº 1273

DESTAQUES:



Siga o
da SBQ


Logotipo

Visite a QNInt





capaJBCS



capaQN



capaQnesc



capaRVQ





   Notícias | Eventos | Oportunidades | Receba o Boletim | Faça a sua divulgação | Twitter | Home BE | SBQ



08/06/2017



IUPAC 2017: Indústria química fará eventos focados em inovação


Simpósio "Chemistry for Industry Innovation" e IV Seminário Abiquim de Tecnologia e Inovação trazem representantes das grandes indústrias brasileiras e multinacionais

A indústria química brasileira participará do 46º. Congresso Mundial de Química, que será realizado em São Paulo, de 9 a 14 de julho, com dois eventos em que espera a participação maciça de químicos da academia. São o Simpósio Química para Inovação Industrial e o IV Seminário Abiquim de Tecnologia e Inovação. "Queremos mostrar nossos temas atuais, nossos desafios, obstáculos e preocupações. Queremos trocar ideias, informação, conhecimento. Inovação se faz dessa união entre indústria e academia", declara Fernando Tibau, gerente de Inovação e Assuntos Regulatórios da Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química).

A programação dos dois eventos da Abiquim é focada em inovação e tecnologia. "Nos últimos anos tivemos uma reconstrução do ecossistema de inovação no Brasil com a criação dos Institutos Senai e da Emprapii. Temos uma base forte para gerar resultados concretos nos próximos cinco anos", afirma Tibau. A indústria química brasileira faturou aproximadamente US$ 113,5 bilhões em 2016, sendo a oitava maior do setor liderado pela China.

Fernando Tibau, da Abiquim: "Queremos mostrar nossos temas atuais, nossos desafios, obstáculos e preocupações. Queremos trocar ideias, informação, conhecimento. Inovação se faz dessa união entre indústria e academia."

O Simpósio terá apresentações de executivos de indústrias como Fibria, 3M e Braskem e também trará visão da academia, pelo Professor José Carlos Pinto, diretor do Parque Tecnológico da UFRJ. "Procuramos conceber o Simpósio em pequenas seções, principalmente relacionadas ao setor privado, para discutir os temas com o público alvo do Congresso: gestão da inovação, química sustentável, oportunidades de fomento, biorrefinaria, relacionamento indústria-universidade, e indústria de baixo-carbono", explica o executivo da Abiquim.

O Seminário de Tecnologia e Inovação é composto por quatro painéis, cada um com quatro a cinco integrantes, com pequenas apresentações seguidas de mesa-redonda O painel 'Soluções Tecnológicas da Química para o Setor de Óleo & Gás' debaterá os avanços tecnológicos nesses segmentos e já tem confirmada a participação do coordenador de Pesquisa e Desenvolvimento de Óleo & Gás da Oxiteno, Guilherme Fonseca; do chefe de Serviços Técnicos da Clariant para América Latina, Antonio Pedro Oliveira Filho; do pesquisador sênior e gerente de Desenvolvimento de Negócios do setor de Óleo & Gás da Solvay, Eder Torres; do engenheiro químico da Petrobras, Rodrigo Pio; e do diretor executivo de Saúde, Segurança e Regulatórios da Amyris, Giani Valent.

Para debater a adequação dos marcos regulatórios, o investimento e a formação de profissionais voltados para as necessidades da bioindústria, será realizado o painel 'Desafios da Biotecnologia Industrial no Brasil', com a participação da gerente da American Chemical Society no Brasil, Denise Ferreira; do presidente executivo da Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial (ABBI), Bernardo Silva; e do diretor de Pesquisa e Inovação da Solvay, Gabriel Gorescu.

O painel 'O Setor Químico e a Indústria 4.0' promoverá um debate sobre a aplicação em larga escala da digitalização no processo industrial. O painel contará com a participação internacional do professor e doutor da Sociedade de Engenharia Química e Biotecnologia da Alemanha (Dechema), Willie Meier; do responsável pela Indústria Eletrônica na América Latina e Produtos Industriais no Brasil da IBM, Luis Arouche; do gerente geral da Ecolab, Jatyr Drudi Junior; e do vice-presidente de Serviços Técnicos da Basf para América do Sul e vice-presidente tesoureiro da VDI-Brasil, Willi Nass.

E finalmente o painel 'Venture Capital como Mecanismo de Fomento à Inovação' abordará sistemas de captação de recursos financeiros para inovação. Participarão a gerente executiva da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP), Ângela Ximenes; o diretor da gestora Inseed Investimentos, Alexandre Alves; o gerente de Marketing Digital da Basf na América Latina, Almir Araújo; o CEO da OXI Ambiental, Juliano Andrade; e o diretor da I.Systems, Igor Santiago.

Para Fernando Tibau, a realização do Congresso Mundial de Química no País mostra a importância da Química para o Brasil, e do Brasil para a Química. "Esperamos que do evento surjam ideias novas, mecanismos de apoio e fomento à inovação em química no Brasil. Para inovar temos que ter todos os atores juntos."


Texto: Mario Henrique Viana (Assessoria de Imprensa da SBQ)








Contador de visitas
Visitas