.: Notícias :.
Boletim Eletrônico Nº 1355

DESTAQUES:


Siga o

da SBQ



Logotipo
Visite a QNInt





capaJBCS



capaQN



capaQnesc



capaRVQ


   Notícias | Eventos | Oportunidades | Receba o Boletim | Faça a sua divulgação | Twitter | Home BE | SBQ



28/02/2019



42ª RA: A química analítica de Ricardo Cassella para o controle de qualidade


Coordenador do Laboratório de Espectroanalítica Aplicada da UFF fará conferência sobre os avanços de seu grupo na área de aplicações analíticas de emulsões e microemulsões

Um dos grandes efeitos práticos da química analítica na vida das pessoas é a possibilidade de controlar a qualidade das coisas que consumimos, como alimentos, bebidas, medicamentos e combustíveis, entre tantas outras necessidades humanas. Na 42ª Reunião Anual da SBQ (de 27 a 30 de maio em Joinville), uma das conferências será justamente sobre as novidades da química analítica no controle de qualidade de combustíveis e outros óleos.

O conferencista convidado pela divisão de Química Analítica da SBQ é o professor Ricardo Jorgensen Cassella (UFF), especialista em desenvolvimento e aplicação de métodos analíticos, com elevada produção científica em temas como espectrometria atômica e molecular e tratamento de amostras.

Professor Ricardo Jorgensen Cassella (UFF): "Nosso trabalho tem se concentrado no desenvolvimento de novas estratégias analíticas para a resolução de problemas de interesse social, econômico e científico. Apesar de sempre buscarmos a solução de problemas reais, muito de nosso esforço tem sido investido no desenvolvimento de novas abordagens que possam ser utilizadas no tratamento de amostras de diferentes origens."

Ele explica sua apresentação, intitulada Aplicações analíticas de emulsões e microemulsões: dos procedimentos clássicos às novas abordagens: “Uma de nossas linhas de trabalho aqui no LESPA-UFF tem sido desenvolver ferramentas que possam ser úteis ao controle de qualidade de produtos de diversas origens. No RASBQ, vou falar sobre o que temos proposto como ferramenta para o controle de qualidade de combustíveis e outros óleos, principalmente no que tange à determinação de componentes responsáveis pela degradação destes óleos.”

O professor Cassella tem 116 artigos publicados e índice h24. “Seu nome foi considerado a partir da consulta aos associados da divisão de Química Analítica, sendo o pesquisador nacional com maior número de indicações dentre os consultados, o que mostra seu prestígio e reconhecimento pela comunidade analítica brasileira”, declara a professor Márcia Mesko (UFPel), diretora da divisão.

Graduado em Química Industrial pela UFF (1994), com mestrado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela PUC-RJ (1996) e doutorado em Geociências (Geoquímica) pela UFF (2000), o professor Cassella é coordenador do PPGQ da UFF desde 2013 e da área de Química da Faperj desde 2018.

Leia entrevista concedida pelo Professor Cassella ao Boletim SBQ:

Como é o seu grupo de pesquisa?
O LESPA-UFF (Laboratório de Espectroanalítica Aplicada-UFF) começou a funcionar, efetivamente, em 2008. Desde então, nosso trabalho tem se concentrado no desenvolvimento de novas estratégias analíticas para a resolução de problemas de interesse social, econômico e científico. Apesar de sempre buscarmos a solução de problemas reais, muito de nosso esforço tem sido investido no desenvolvimento de novas abordagens que possam ser utilizadas no tratamento de amostras de diferentes origens. O grupo cresceu muito desde a sua criação e hoje conta com 16 estudantes (entre iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado). No final do ano passado fomos agraciados com o Prêmio de Excelência Científica da UFF, que anualmente premia os pesquisadores de destaque da universidade nas diferentes áreas do conhecimento. Foi um momento muito importante para nós todos do LESPA, pois foi um reconhecimento da própria UFF ao trabalho que é realizado no laboratório.

Como se interessou pela química e a carreira científica?
Eu posso te dizer que esta é um pergunta ainda um pouco sem resposta para mim. Na verdade, meu interesse pela ciência, de uma maneira geral, vem de longe, desde quando eu era garoto, por influência de meu avô materno. Ele não era cientista, era tradutor juramentado, mas adorava assistir programas na televisão sobre ciência. Isso me despertou uma certa curiosidade. A química surgiu meio que por acaso, pois no segundo grau eu realmente gostava da matéria e resolvi fazer o curso superior de Química Industrial. Posteriormente, já na universidade, sem dúvida, comecei a pensar seriamente na carreira científica após realizar dois anos de estágio de iniciação científica. Daí para o mestrado e o doutorado foi um processo quase que natural.

O que espera da 42ª RASBQ?
A Reunião Anual da SBQ é, sem sombra de dúvida, o maior fórum de discussão sobre a Química do país. Além dos congressos específicos de cada área serem muito atrativos e importantes, a Reunião Anual da SBQ tem sido um ponto de encontro fundamental dos pesquisadores de todas as áreas da química, não apenas para discutir esta disciplina, mas também discutir sobre os rumos da ciência no país. Minha expectativa é sempre a melhor possível e não é diferente desta vez.


Cinco artigos representativos do trabalho mais recente:

“Extraction induced by emulsion breaking: a novel strategy for the trace metals determination in diesel oil samples by electrothermal atomic absorption spectrometry”, R.J. Cassella, D.M. Brum, C.E.R. de Paula, C.F. Lima, Journal of Analytical Atomic Spectrometry 2010, 25, 1704-1711.

“Novel extraction induced by microemulsion breaking: a model study for Hg extraction from Brazilian gasoline”, P.O. Vicentino, R.J. Cassella, Talanta 2017, 162, 249-255.

“Multivariate optimization of the determination of zinc in diesel oil employing a novel extraction strategy based on emulsion breaking”, R.J. Cassella, D.M. Brum, C.F. Lima, L.F.S. Caldas, C.E.R. de Paula, Analytica ChimicaActa 2011, 690, 79-85.

“Adsorption of Paraquat from Aqueous Medium by Amberlite XAD-2 and XAD-4 Resins Using Dodecylsulfate as Counter Ion”, M.P. Leite, L.G.T. Reis, N.F. Robaina, W.F. Pacheco, R.J. Cassella, Chemical Engineering Journal 2013, 215-16, 691-698.

“Employment of Polyurethane Foam for the Adsorption of Methylene Blue in Aqueous Medium”, E.E. Baldez, N.F. Robaina, R.J. Cassella, Journal of Hazardous Materials 2008, 159, 580-586.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/8965339627815488


Texto: Mario Henrique Viana (Assessoria de Imprensa da SBQ)








Contador de visitas
Visitas

SBQ: Av. Prof. Lineu Prestes, 748 - Bloco 3 superior, sala 371 - CEP 05508-000 - Cidade Universitária - São Paulo, Brasil | Fone: +55 (11) 3032-2299