.: Notícias :.
Boletim Eletrônico Nº 1416

DESTAQUES:


Siga o

da SBQ



Logotipo
Visite a QNInt





capaJBCS



capaQN



capaQnesc



capaRVQ


   Notícias | Eventos | Oportunidades | Receba o Boletim | Faça a sua divulgação | Twitter | Home BE | SBQ



11/06/2020



A receita da Unicamp para manter as boas aulas


Instituto de Química encerrará o primeiro semestre em julho e discute o formato das aulas experimentais no segundo semestre

No Instituto de Química da Unicamp, o primeiro semestre de 2020 caminha para seu encerramento com a totalidade das aulas ministradas em ambiente virtual desde meados de março. São mais de 520 alunos na graduação, nos quatro departamentos, e até o momento apenas sete pediram trancamento de matrícula neste semestre, além dos Discentes de outras unidades da Unicamp que cursam disciplinas no IQ. "Foi uma situação amplamente discutida por Docentes e Discentes, e o consenso foi de que deveríamos seguir em frente com as aulas", afirma o professor Italo Mazali, Coordenador da Comissão de Graduação (CG) do IQ-Unicamp.

Professor Italo Mazali, coordenador da Comissão de Graduação do IQ-Unicamp: "Em nosso curso, a principal preocupação foi em relação às disciplinas experimentais de laboratório. Para estas foi feito um trabalho intenso de pesquisa de vídeos em instituições internacionais, uso de laboratórios remotos, bem como a discussão de toda a parte conceitual, detalhamento experimental e das operações unitárias envolvidas nos experimentos, e a disponibilização dos dados experimentais de semestres anteriores, para que os alunos pudessem trabalhar com os resultados reais obtidos em aula."

Em sua visão, o Corpo Docente fez um esforço hercúleo para se adaptar às ferramentas de ensino virtual bem como adaptar seus cursos para essa modalidade de ensino. "Igual esforço os Discentes também desprenderam, contribuindo de forma pró-ativa na busca de ajustes nos processos de condução das disciplinas. Temos plena convicção que o IQ está oferecendo um curso de alto nível e qualidade aos seus alunos neste momento. Inclusive, auxiliando-os, a compreender ações que se tornarão frequentes no 'novo normal'", salienta o professor.

Segundo o professor Mazali, são de responsabilidade do IQ-Unicamp o oferecimento de 70 disciplinas, totalizando 131 turmas. Destas, 19 disciplinas são experimentais com um total de 53 turmas, com aproximadamente 1480 matriculados. Nas disciplinas experimentais do IQ as aulas têm duração mínima de 4 h, com algumas disciplinas de 8h. "Neste momento, os departamentos e a CG estão discutindo ações de resgates das disciplinas experimentais ministradas neste semestre em disciplinas dos semestres subsequentes, com especial atenção aos alunos ingressantes", informa Mazali.

O 2º Semestre de 2020 já foi planejado, e será iniciado com 50% das aulas de laboratório de forma presencial, para respeitar o distanciamento social e a ocupação máxima de 1/3 dos laboratórios de graduação.

Leia a íntegra da entrevista concedida pelo professor Italo Mazali ao Boletim Eletrônico SBQ:

Foi feito levantamento do interesse de atividades remotas em geral entre docentes e discentes?
A Unicamp suspendeu as atividades presenciais em 13/03, e indicou que as atividades de graduação e pós-graduação deveriam seguir de forma não-presencial, assistidas por tecnologia. A diretoria do IQ propôs um GT-IQ-Graduação, constituído pelos membros da Comissão de Graduação, chefes dos quatro departamentos e representação discente, e no dia 17/03 decidiu pela manutenção do oferecimento das disciplinas e ações para condução das atividades. Desta forma, no IQ-Unicamp não ocorreu interrupção no oferecimento dos cursos.

Para concentrar as informações e facilitar o debate entre o Corpo Docente, a Coordenadoria de Curso abriu uma sala dentro da plataforma online Google Classroom, com a participação de todo o Corpo Docente (atualmente temos 80 Docentes na turma "Fórum Graduação").

Em 24/03 a Reitoria publicou a Resolução GR-35/2020, na qual abriu a possibilidade de extinção de disciplinas e abertura de novas disciplinas, bem como estendeu o semestre até 31/08. O GT-IQ-Graduação se reuniu em 26/03 e emitiu a seguinte declaração: "Após ampla discussão e considerando: as condições de excepcionalidade que vivenciamos, os impactos futuros sobre o gerenciamento e qualidade das atividades de graduação, dentro de uma visão ampla e não restrita as questões pontuais de cada disciplina, o pleno reconhecimento da disponibilidade de múltiplas ações e da capacidade do Corpo Docente do IQ em implementá-las em favor do resgate das perdas impostas e em benefício dos alunos, o GT-IQ-Graduação aprovou a manutenção do oferecimento não-presencial e assistido por tecnologia de todas as disciplinas em curso no 1S/2020, tanto teóricas como experimentais, sem qualquer exceção. Todas as posições individuais foram consideradas na construção desta decisão coletiva, para a qual convocamos todos a continuarem se dedicando, em busca do melhor para nossos alunos, nosso Instituto e nossa Instituição."
A partir dessa decisão, todo o Corpo Docente e Discente empenhou-se, ainda mais, na manutenção das atividades não-presenciais e assistidas por tecnologia. O Corpo Docente fez um esforço hercúleo para se adaptar as ferramentas de ensino virtual, bem como adaptar seus cursos para essa modalidade de ensino. Igual esforço os Discentes também desprenderam, contribuindo de forma proativa, na busca de ajustes nos processos de condução das disciplinas.

Foi disponibilizada a compilação de um grande número de links de sítios com material virtual, principalmente relacionados a parte experimental. O (EA)2 da Unicamp tem proporcionado um grande suporte, disponibilizando tutoriais sobre a condução de atividades em ambiente virtual, bem como uma grande quantidade de material de Apoio ao Ensino Digital (https://www.ea2.unicamp.br/ensino-digital-2/). Em toda a Unicamp são oferecidas mais de 4000 disciplinas neste semestre, sendo que algo em torno de 50 foram canceladas, mas várias novas disciplinas foram criadas para iniciar em 15/04. A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) tem atuado de forma decisiva para o êxito das atividades virtuais na Unicamp, bem com diversas ações da Reitoria (como aquisição e disponibilização de computadores, chips de internet e a negociação de pacotes de dados, com valores acessíveis, junto as operadoras de telefonia e internet) contribuíram para estender a inserção digital dos alunos.

A GR-35/2020 também estendeu não só o prazo para os alunos desistirem ou trancarem matrícula, mas, também, o tempo de integralização dos cursos em 2 semestres, e as notas deste semestre não serão consideradas no cálculo do coeficiente de rendimento dos alunos. Neste semestre também houve a flexibilização em relação a não cobrança de frequência nas disciplinas, haja vista que, em semestres regulares, é exigida uma frequência mínima de 75%.

A Coordenadoria de Graduação, através do "Fórum-Graduação", tem orientado constantemente os Docentes sobre a condução das atividades não-presenciais, buscando uma condução uniforme das ações. Em 20/05 foi realizada a Avaliação de Curso (evento previsto no Calendário Acadêmico), e debate virtual, com a participação dos Corpos Docente e Discente, no qual ficou claro o engajamento e compromisso com as atividades em curso. Como nos encaminhamos para o final do semestre, foi colocada como principal preocupação dos alunos a flexibilização no prazo de entrega das avaliações, para a qual, o Corpo Docente já tomou as ações necessárias.

Pautas discutidas na Avaliação de Curso, por sugestão da PRG: a) envolvimento dos estudantes; b) envolvimento dos professores; c) interação professor e estudantes; d) boas ideias em atividades de ensino-aprendizagem desenvolvidas; e) objetivos alcançados com atividades desenvolvidas remotas; f) objetivos não alcançados com atividades remotas; g) recursos de ensino aprendizagem utilizados e sua adequação; h) apoio PADs e/ou PEDs; i) outros apoios recebidos pelo estudante e pelo professor; j) processo de avaliação; k) soluções encontradas e lições aprendidas; l) impacto na trajetória dos estudantes; m) como a experiência contribuiu para um ensino mais centrado no estudante e sua aprendizagem.

Neste momento, o IQ-Unicamp caminha para a conclusão do 1S/2020, integralmente de forma virtual, e mediado por tecnologia, incluindo todas as avaliações. Como o IQ-Unicamp não interrompeu suas atividades de graduação, o semestre deverá estar sendo concluído na sua integralidade até o final de julho (o Corpo Docente estendeu em três semanas o semestre, para atender a determinação da PRG na qual as avaliações finais deveriam ser aplicadas somente após 20/07 – data limite para o trancamento de matrícula). Algumas disciplinas ainda terão avaliações virtuais até meados de agosto, e o exame final será aplicado na 1ª Semana de setembro, para os alunos que precisarem.

Há no seu curso algumas características que trarão ou trouxeram problemas graves para o formato remoto, como aulas experimentais (laboratórios, performances, trabalhos de campo etc.)?
Em nosso curso, a principal preocupação – tanto dos docentes como dos discentes – foi em relação às disciplinas experimentais de laboratório. Para estas foi feito um trabalho intenso de pesquisa de vídeos em instituições internacionais, uso de laboratórios remotos (links disponibilizados pelo (EA)2), bem como a discussão de toda a parte conceitual, detalhamento experimental e das operações unitárias envolvidas nos experimentos, e a disponibilização dos dados experimentais de semestres anteriores, para que os alunos pudessem trabalhar com os resultados reais obtidos em aula. Isso permitiu a elaboração dos relatórios de atividades, utilizados como avaliação continuada. No caso particular das aulas de laboratório, a colaboração e experiência da Royal Society of Chemistry (RSC), pela qual os cursos do IQ-Unicamp são acreditados há mais de 7 anos, foi fundamental para a compreensão deste momento e tomada de decisões. Encaminho, abaixo, uma mensagem da RSC aos cursos acreditados, sobre a condução das aulas experimentais:
"A competência em um laboratório prático é considerada pela comunidade como sendo um requerimento essencial para um químico graduado, e nossos requerimentos garantem que este padrão mínimo seja atingido em todos os programas acreditados. Não obstante, reconhecemos que a pandemia da COVID-19 apresenta um desafio particular para a realização de trabalho experimental. As Universidades já tiveram que se adaptar para o ensino neste ano acadêmico. Algumas foram capazes de compensar, em parte, a perda de horas experimentais usando simulações online de técnicas ou fornecendo aos alunos os dados para que eles, ao menos, pudessem analisar. Felizmente, na maioria dos casos, o impacto sobre os estudantes tem sido minimizado, porque eles já haviam concluído a maioria de seus cursos de laboratório, antes do pior impacto da pandemia. No entanto, nós também entendemos que, agora, as universidades deverão fazer planos de contingência para a possibilidade, bastante real, de que não sejam capazes de realizar, inteiramente ou parcialmente, aulas de laboratório para o ano acadêmico de 2020-2021, e que o oferecimento de disciplinas experimentais será afetado por algum tempo. Oferecer simulações online aos alunos é uma solução, e deve ser usada em conjunto com outras descritas abaixo. Simulações online ou dados existentes são úteis para capacitar os alunos a aproveitarem, ao máximo, o tempo limitado no laboratório, mas, obviamente, a longo prazo, não pode substituir completamente a experiência, em si, do trabalho prático. Nós também entendemos que, para oferecer a experiência de trabalho prático aos alunos, os programas deverão ser modificados significativamente, talvez com aulas experimentais planejadas ao final do ano acadêmico, ao invés de serem distribuídas ao longo do ano. Talvez, oferecer aulas adicionais com disciplinas de laboratório intensivas."

Neste momento, os departamentos e a CG estão discutindo ações de resgates das disciplinas experimentais ministradas neste semestre em disciplinas dos semestres subsequentes, com especial atenção aos alunos ingressantes.

Fale sobre atividades em andamento pela coordenação, Docentes e quadro técnico:
Não somente as atividades de graduação, mas todos os setores continuam atuando nas mais diferentes frentes que compõe a complexa estrutura de funcionamento do IQ, tendo à frente a Diretoria do IQ – Prof. Marco Aurélio Zezzi Arruda (Diretor) e Prof. Claudio Francisco Tormena (Diretor Associado) - que tem desempenhado um papel vital de coordenação e articulação.

Todas as atividades administrativas voltadas para os alunos – Secretaria de Graduação – estão sendo conduzidas de forma não-presencial, sem quaisquer prejuízos aos alunos em termos de prazos e de solicitações, emissão de documentos e declarações. A CG, inclusive, atuou na repatriação de alunos que se encontravam em intercâmbio, possibilitando seu retorno e matrícula nas disciplinas da Unicamp. Nenhuma ação foi suspensa neste semestre. As reuniões administrativas da Comissão de Graduação, bem como todas as demais no âmbito das unidades ou Reitoria, estão sendo realizadas de forma virtual, com uma frequência maior e, às vezes, mais longas do que àquelas em períodos anteriores a pandemia. Os funcionários da CG e da Comissão de Segurança, orientados pela Diretoria do IQ, já estão estabelecendo todos os protocolos para o retorno as atividades presenciais, sendo realizado um levantamento da capacidade de alocação dos alunos em cada sala de aula e laboratório, considerando os aspectos de distanciamento social e orientações do Plano de Retorno, em discussão na Universidade.

Todas as disciplinas estão sendo conduzidas em plataformas online, usando principalmente o Google Classroom e o Moodle. As aulas são organizadas pelos Docentes que estão conduzindo aulas online ao vivo, usando o Google Meet, e disponibilizando aulas gravadas, ou ambas as ações, considerando que problemas de conexão podem prejudicar o acesso do aluno no horário da aula ao vivo. Cada Docente tem sua liberdade acadêmica na condução da disciplina. Os Docentes, PED e PAD que atuam nas disciplinas estão disponibilizando plantões de dúvidas via Google Meet, bem como respondendo as questões postadas no ambiente das plataformas online. Os Docentes reportam uma participação com questionamentos, dúvidas e comentários, muito acima do observado nas aulas presenciais. Os Docentes têm dedicado um tempo considerável de suas atividades para responder a todas as demandas da graduação. É importante destacar a grande contribuição e suporte proporcionados pelos estudantes dos programas PED (Programa de Estágio Docente, voltado para os alunos de pós-graduação) e PAD (Programa de Apoio Didático, direcionado a alunos de graduação).

Qual o número de disciplinas com atividade remota já realizadas ou em andamento em seu curso?
Neste 1S/2020 estão sendo conduzidas de forma não-presencial e mediadas por tecnologia, sob responsabilidade do IQ-Unicamp, 70 disciplinas, totalizando 131 turmas. Destas, 19 disciplinas são experimentais, com um total de 53 turmas, e, aproximadamente, 1480 matriculados. Nas disciplinas experimentais do IQ as aulas têm duração mínima de 4 h, e algumas disciplinas de 8 h. Portanto, o IQ ministra, neste semestre, 53 aulas de laboratório por semana, com duração mínima de 4 h.

Muitas dessas disciplinas são oferecidas para outros cursos e são pré-requisitos para outras disciplinas. O cancelamento dessas disciplinas traria um efeito-cascata imenso na integralização dos alunos, e, também, de logística de infraestrutura, pois, devido à alta oferta de disciplinas/turmas, não teríamos condições de oferecer, de forma simultânea, as aulas experimentais do 1S juntamente com as do 2S.

Qual o grau de satisfação da coordenação com as atividades remotas que já estão sendo organizadas? Está havendo avaliação nas disciplinas? Como?
O grau de satisfação da Coordenadoria de Curso com as atividades remotas é total, face às condições excepcionais as quais viemos, e a forma como foi implementada, ou seja, sem um planejamento prévio, haja vista que, ninguém, no mundo, mantém uma estrutura pronta aguardando uma pandemia. Como destacado anteriormente, o corpo docente fez um esforço hercúleo para se adaptar às ferramentas de ensino virtual, bem como adaptar seus cursos para essa modalidade de ensino. Os discentes também desprenderam igual esforço, contribuindo, de forma proativa, na busca de ajustes nos processos de condução das disciplinas. Temos plena convicção que o IQ está oferecendo, neste momento, um curso de alto nível e qualidade aos seus alunos, e, inclusive, auxiliando-os a compreender ações que se tornarão frequentes no "novo normal".

Qual o grau de interesse pela realização de atividades remotas de: Docentes e Discentes?
A Coordenadoria de Graduação está concluindo um formulário amplo e detalhado de avaliação das atividades do semestre, que será disponibilizado aos docentes e discentes a partir de 20/06. Portanto, não tenho números quantitativos obtidos de uma pesquisa neste momento. Entretanto, posso manifestar que 100% dos Docentes do IQ-Unicamp estão atuando nas disciplinas virtuais, e que a participação dos alunos tem sido bastante alta nas atividades conduzidas nas disciplinas.

Relatos sobre a problemas sociais, psicológicos e materiais do corpo social do curso e unidade diretamente relacionada?
Essas informações estão sendo levantadas no questionário que será disponibilizado aos Docentes e Discentes. No IQ tivemos o falecimento do Prof. Ronei Jesus Poppi, vítima da COVID-19, no dia 25/04. Não recebemos nenhuma outra informação de vítimas entre familiares de alunos, funcionários ou Docentes.

Sua unidade ofereceu cursos de capacitação para atividades remotas a Docentes?
Não foram oferecidos cursos específicos de capacitação para as atividades remotas. Foram utilizados diversos tutoriais disponibilizados pelos (EA)2, GGTE e Webinars oferecendo esse tipo de suporte.

Houve uma preocupação da Instituição com o mínimo de padronização das aulas ofertadas?
Essa foi uma preocupação desde a decisão pela manutenção do oferecimento das disciplinas. Foram transmitidas, via "Fórum-Graduação" (sala no Classroom), orientações quanto a forma de condução da disciplina, condução de aulas online ao vivo, aulas gravadas, flexibilização dos prazos de entrega das disciplinas. Entretanto, foi preservada a independência acadêmica de cada Docente em conduzir as atividades realizadas no ambiente de sua disciplina, bem como a forma de avaliação das atividades realizadas e de desempenho do aluno.

Existe uma plataforma única usada pelos professores para suas aulas remotas ou cada um escolheu a sua?
No IQ estão sendo utilizadas basicamente duas plataformas: Google Classroom (principal) e o Moodle, pois, essas plataformas são alimentadas por informações pela Diretoria Acadêmica (DAC), como, por exemplo, abertura de turmas com a inclusão de todos os alunos matriculados.

Como está o planejamento para o retorno das aulas presenciais?
O início do 2S/2020 está previsto para ter início em 15/09 e a Unicamp está elaborando um Plano Detalhado de Retorno. A Coordenadoria de Graduação em conjunto com a Diretoria concluiu seu planejamento para as atividades de graduação e a distribuição de carga entre os Docentes para o 2S/2020 foi efetuada esta semana. Especificamente em relação as disciplinas experimentais, o 2S/2020 será iniciado com 50% das aulas de laboratório de forma presencial, para respeitar o distanciamento social e a ocupação máxima de 1/3 dos laboratórios de graduação. A princípio, serão autorizadas matrículas até o dobro do limite estabelecido em cada laboratório. Assim a cada semana, metade da turma fará aula presencial (o que corresponde na prática a uma ocupação de 1/3 do laboratório) e a outra metade fará aula virtual, estabelecendo-se um rodízio. Para os laboratórios voltados aos ingressantes foram abertas várias turmas com poucos alunos na tentativa de conduzir a disciplina integralmente de forma presencial. Tal planejamento significou um aumento significativa de carga didática aos Docentes, porém, considerado fundamental, neste momento, para a manutenção da qualidade dos cursos oferecidos aos nossos alunos. Os docentes pertencentes ao grupo de risco não irão atuar em disciplinas experimentais no 2S/2020.

Gostaria de deixar expresso meu agradecimento a Diretoria do IQ – Prof. Marco Aurélio Zezzi Arruda (Diretor) e Claudio Francisco Tormena (Diretor Associado), aos Membros da Comissão de Graduação e do Núcleo Docente Estruturante, aos Chefes de Departamento, a Pró-Reitoria de Graduação, ao Espaço de Apoio ao Ensino e Aprendizagem (EA)2, ao Grupo Gestor de Tecnologias Educacionais (GGTE) e a Diretoria Acadêmica (DAC).

A todo o Corpo Docente e Discente do IQ-Unicamp.



Texto: Mario Henrique Viana (Assessoria de Imprensa da SBQ)








Contador de visitas
Visitas

SBQ: Av. Prof. Lineu Prestes, 748 - Bloco 3 superior, sala 371 - CEP 05508-000 - Cidade Universitária - São Paulo, Brasil | Fone: +55 (11) 3032-2299