.: Notícias :.
Boletim Eletrônico Nº 1434

DESTAQUES:


Siga o

da SBQ



Logotipo
Visite a QNInt





capaJBCS



capaQN



capaQnesc



capaRVQ


   Notícias | Eventos | Oportunidades | Receba o Boletim | Faça a sua divulgação | Twitter | Home BE | SBQ



22/10/2020



Coluna "Onde elas estão?"


Uma iniciativa do Núcleo de Mulheres SBQ

Onde estão as mulheres cientistas no Brasil? Essa pergunta é frequente e sim, precisamos nos conhecer mais e promover maior divulgação das cientistas brasileiras que temos. Assim, o Núcleo de Mulheres da SBQ criou a "Onde elas estão?", uma coluna quinzenal no Boletim da SBQ. O objetivo é criar um espaço de destaque onde apresente uma mulher cientista, sócia da SBQ, no formato "bate e volta" (sucinto). Esperamos criar um portfólio de vários perfis das cientistas brasileiras.

Conheça Clarissa P. Frizzo, farmacêutica, professora e pesquisadora do Departamento de Química da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Tem mestrado e doutorado em Química pela UFSM e Pós-doutorado nos EUA. Coordena o Laboratório Líquidos Iônicos do Núcleo de Química de Heterociclos da UFSM. Atualmente coordena os projetos de pesquisa "Líquidos iônicos dicatiônicos derivados do imidazol: uma estratégia para desenvolvimento de materiais biocompatíveis e antimicrobianos" e "Desenvolvimento de hidrogéis eletrocondutivos funcionalizados com líquidos iônicos". É docente permanente do PPQ Química da UFSM e orienta alunos de mestrado e doutorado. Concentra seus interesses nos seguintes temas: planejamento, síntese, determinação das propriedades de líquidos iônicos; e sua aplicação como biomateriais.



Nome: Clarissa Piccinin Frizzo

Idade: 37 anos

Quanto tempo que é professora/cientista contratada na universidade: 7 anos

Onde faz ciência: Laboratório de Líquidos Iônicos (NUQUIMHE – UFSM), Santa Maria, RS.

Um(a) cientista: Frances H. Arnold (Ganhadora Prêmio Nobel da Química de 2018)

Uma molécula/reação: DNA (opcional)

Maior conquista na carreira até o momento: Prêmio “Women in Chemistry and Related Sciences 2018” (Concedido pela ACS em parceria com SBQ e FAPESP).

Maior desafio na carreira: formar pesquisadores (as) comprometidos (as) e qualificados(as) e enfrentar as adversidades e preconceitos, principalmente de gênero.

Onde quer chegar: Contribuir ativamente para a formação e inspiração de mulheres cientistas.

O que não pode faltar no laboratório: vontade, curiosidade criatividade (motivação), responsabilidade e respeito.

Congresso que mais frequenta: SBQ Nacional

Nas horas vagas adoro correr, ler, tomar sol, estar com a família e amigos, apreciar a natureza e viajar!

Uma leitura recomendada (artigo/livro ou afim): Frances H. Arnold, Nobel Laureate in Chemistry 2018: Official Interview (you tube)

Relação com a SBQ: Começou juntamente com o inicio da minha Pós-graduação e perdura ate hoje! Acredito na renovação e fortalecimento da SBQ.

Uma frase: “Seja a mudança que quer ver no mundo” (Mahatma Ghandi)


Fonte: Núcleo Mulheres SBQ








Contador de visitas
Visitas

SBQ: Av. Prof. Lineu Prestes, 748 - Bloco 3 superior, sala 371 - CEP 05508-000 - Cidade Universitária - São Paulo, Brasil | Fone: +55 (11) 3032-2299