.: Notícias :.
Boletim Eletrônico Nº 1481

DESTAQUES:


Siga o

da SBQ



Logotipo
Visite a QNInt





capaJBCS



capaQN



capaQnesc



capaRVQ


   Notícias | Eventos | Oportunidades | Receba o Boletim | Faça a sua divulgação | Twitter | Home BE | SBQ



07/10/2021



Nobel de Química 2021 vai para Organocatálise Assimétrica


Em reconhecimento à importante contribuição da Organocatálise Assimétrica, os Professores Benjamin List e David W. C. MacMillan foram laureados com o Prêmio Nobel de Química em 2021.

Com as publicações seminais em 2000 no Journal of the American Chemical Society, Barbas, List e MacMillan mostraram que pequenas moléculas orgânicas quirais, um aminoácido e um derivado de aminoácido, eram capazes de catalisar duas importantes transformações em Síntese Orgânica com alta indução assimétrica. Na realidade, o uso dessas moléculas orgânicas de baixo peso molecular foi instrumental para o surgimento de uma grande área, na qual reações clássicas são promovidas com alto controle da estereoquímica e com potencial de amplo espectro de aplicação, ao invés de promover reações pontuais.

Além disso, a partir dessas publicações, observa-se um rápido crescimento da área, que então se estabeleceu como um dos pilares da catálise assimétrica. Essa expansão deve-se ao uso de moléculas estáveis, atóxicas, de fácil preparação e manuseio como organocatalisadores. Como base para a sua racionalização, a organocatálise se apoia nos seus diversos modos únicos de ativação, permitindo que várias reações sejam aceleradas pelo mesmo organocatalisador, seguindo um mecanismo similar de ativação das espécies reacionais em questão.

Em uma entrevista, concedida na Universidade de Princeton logo após receber a notícia, o Professor MacMillan disse que o que o impulsionou a desenvolver essa química e o que o impulsiona até hoje é o desejo de descobrir reatividades nunca exploradas anteriormente. A Organocatálise cumpre muito bem esse papel.

O Professor List, por sua vez, ressaltou a beleza da Síntese Orgânica e a elegância da Organocatálise que nos permite fazer novas moléculas com um menor gasto de energia e com economia atômica. Além disso, ressalta que o sucesso em seu laboratório se deve, em parte, à diversidade, corpo discente de alta competência, múltiplas nacionalidades e focados em novos desafios.

Autores:
Profa. Fernanda Gadini Finelli (IPPN-UFRJ)
Prof. Giovanni Wilson Amarante (DQ-UFJF)








Contador de visitas
Visitas

SBQ: Av. Prof. Lineu Prestes, 748 - Bloco 3 superior, sala 371 - CEP 05508-000 - Cidade Universitária - São Paulo, Brasil | Fone: +55 (11) 3032-2299