.: Notícias :.
Boletim Eletrônico Nº 1492

DESTAQUES:


Siga o

da SBQ



Logotipo
Visite a QNInt





capaJBCS



capaQN



capaQnesc



capaRVQ


   Notícias | Eventos | Oportunidades | Receba o Boletim | Faça a sua divulgação | Twitter | Home BE | SBQ



13/01/2022



Coluna "Onde elas estão?" para o Boletim da Sociedade Brasileira de Química


Uma iniciativa do Núcleo Mulheres SBQ

Onde estão as mulheres cientistas no Brasil? Essa pergunta é frequente e sim, precisamos nos conhecer mais e promover maior divulgação das cientistas brasileiras que temos. Assim, o Núcleo Mulheres SBQ criou a "Onde elas estão?", uma coluna quinzenal no Boletim da SBQ. O objetivo é criar um espaço de destaque que apresente uma mulher cientista, sócia da SBQ, no formato "bate e volta" (sucinto). Esperamos criar um portfólio de vários perfis das cientistas brasileiras.

Conheça a Luana Forezi, professora e pesquisadora do Departamento de Química Orgânica da Universidade Federal Fluminense. Graduada em Química pela Universidade Federal de Juiz de Fora em 2008. Concluiu o mestrado em 2011 e o doutorado em 2014 na Universidade Federal Fluminense. O Doutorado teve um período Sanduíche realizado na Universidade de Aveiro, Portugal. Foi professora no Instituto Federal do Rio Janeiro (2017-2019), onde pode conhecer uma realidade bem diferente da Universidade. Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Química Orgânica da Universidade Federal Fluminense e tornou-se Jovem Cientista do Nosso Estado pela FAPERJ em 2021. Os principais interesses têm sido na área de Química, com ênfase em Síntese Orgânica. Acredita em um mundo em que a raça e o gênero dominante sejam a igualdade e o respeito.



Nome: Luana da Silva Magalhães Forezi

Idade: 37 anos

Quanto tempo que é professora/cientista contratada na universidade: 1 ano (UFF)

Onde faz ciência: Laboratório de Síntese Orgânica Aplicada (LabSOA) no Instituto de Química da UFF

Um(a) cientista: Para sempre Marie Curie

Uma molécula/reação: “Click” Chemistry

Maior conquista na carreira até o momento: Me tornei Jovem Cientista do Nosso Estado pela FAPERJ com 8 meses de contratada na UFF. Para mim foi uma grande realização.

Maior desafio na carreira: Me fazer ser ouvida. Fica muito difícil fazer ciência dessa forma. Espero que isso mude um dia.

Onde quer chegar: Quero chegar cada vez mais longe. Sempre busco novos desafios.

O que não pode faltar no laboratório: Ética profissional, parceria, curiosidade, inspiração, entusiasmo e financiamento.

Nas horas vagas...: gosto muito de viajar e assistir filmes/séries em casa. No momento, tenho me dedicado a planejar a chegada do meu primeiro filho, Miguel.

Uma leitura recomendada (artigo/livro ou afim): Galileu e os Negadores da Ciência (Mário Livio)

Relação com a SBQ: Frequentadora e sócia desde 2006, quando comecei a iniciação científica na UFJF.

Uma frase: "Cada pessoa deve trabalhar para o seu aperfeiçoamento e, ao mesmo tempo, participar da responsabilidade coletiva por toda a humanidade." (Marie Curie)


Fonte: Núcleo Mulheres SBQ








Contador de visitas
Visitas

SBQ: Av. Prof. Lineu Prestes, 748 - Bloco 3 superior, sala 371 - CEP 05508-000 - Cidade Universitária - São Paulo, Brasil | Fone: +55 (11) 3032-2299